1171 – A MENTIRA E A VERDADE
Dom, 29 de Novembro de 2015 10:11
  1. Um dia, a Verdade decidiu visitar as pessoas, sem nenhum difarce e sem adornos, “nua e crua”. E todos que a viam, viravam as costas de vergonha ou de medo, e ninguém lhe dava as boas-vindas. Assim, a Verdade percorria os confins da Terra, criticada, rejeitada e desprezada. Uma tarde, muito desconsolada e triste, encontrou a Mentira, que passeava alegremente, trajando um belo vestido e muito elegante.
  2. - Senhorita Verdade, por que você está tão abatida? — perguntou a Mentira.
  3. - Porque devo ser muito feia e antipática, pois as pessoas me evitam tanto.
  4. - Não é por isso que o povo evita você. Vista algumas das minhas roupas e veja o que acontece.
  5.  Então, a Verdade pôs algumas das lindas vestes da Mentira, e de repente, por toda parte onde passava, era bem-vinda, festejada e paparicada.
  6. Lição: Ninguém gosta da verdade “nua e crua”. Preferem-na disfarçada, mascarada e falsa como a mentira. Só Jesus podia dizer “Eu sou a Verdade” porque não gostava de falsidades. Por isso morreu crucificado.
 

Outros artigos

Animação

http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/233996o_sorriso.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/950871smpre_no_cora____o.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/382426pelagio.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/343594test1.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/384004test.png