1225 - A RAPOSA E A CEGONHA
Sex, 12 de Fevereiro de 2016 01:23

A raposa convidou a cegonha para um jantar e serviu sopa num prato raso. Enquanto a cegonha bicava sem sucesso a sopa rala, a raposa devorava e lambia gulosamente o petisco.  Dias depois a cegonha, querendo retribuir a “gentileza”, convidou a raposa para tomar uma sopa como nunca tomou em sua vida. Sobre a mesa asseada e limpa, estava a sopa num jarro de gargalo estreito e, “bom apetite”.

  A raposa tentava e não conseguia passar seu focinho pelo gargalo estreito do jarro. E mais, ainda precisou ouvir as caçoadas da cegonha fazendo fusquinha. Por fim a raposa saiu de mau humor sem despedir-se da cegonha vingativa.

Lição: As vezes somos pagos com a mesma moeda. Colhemos sempre aquilo que semeamos. Não devemos fazer aos outros aquilo que não gostaríamos que fosse feito para nós. Sentimentos vingativos fazem-nos pequenos, mesquinhos e covardes.

 

Outros artigos

Animação

http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/233996o_sorriso.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/950871smpre_no_cora____o.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/382426pelagio.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/343594test1.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/384004test.png