1282 - CASTIGADO PELA PROPRIA DESONESTIDADE
Sáb, 09 de Abril de 2016 05:07

Existe uma modinha de rádio que conta e canta a historia do leiteiro ambicioso. Vamos resumir: Era uma vez um sitiante que, ao tirar e engarrafar o leite para levar aos freguezes, “batizava” cada garrafa com uma boa quantia de água. Faça idéia do “lucro” auferido com essa prática, aliás bastante utilizada. As moedas e notas iam sendo armazenadas num saco.

O leiteiro criava um macaquinho que era da sua confiança. Um dia, na ausência do seu dono, o esperto macaco saiu arrastando esse saco de dinheiro pelo quintal a fora, até o ribeirão e despejou tudo na água. Pensava ele que aquilo era lixo ou algo imprestável? O certo é que as águas carregaram para longe o saco de dinheiro, fruto da desonestidade.

.Lição: A mesma água com que foi ganho aquele dinheiro, encarregou-se de levá-lo para longe.

 

Outros artigos

Animação

http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/233996o_sorriso.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/950871smpre_no_cora____o.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/382426pelagio.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/343594test1.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/384004test.png