A DEDICAÇÃO DE UM PADRE NO SERTÃO DA BAHIA
Dom, 17 de Abril de 2016 03:44

Conheci o Padre Leopoldo (contou-nos P. Rosivaldo) que trabalhava na pequena cidade de Ichu, encravada no sertão baiano, terra de gente religiosa e sofrida pela seca. Leopoldo era espanhol, agitado, homem trabalhador e sensível à realidade dos pobres. Era bastante gordo, cuidava pouco da saúde, pois se lançava tanto na defesa do povo, que esquecia-se de si mesmo.

>Fui convidado para pregar em uma das noites do novenário da festa do Sagrado Coração de Jesus, padroeiro da cidade... Padre Leopoldo era amado pelo povo, tanto da cidade como das comunidades rurais. Abriu casa para cuidar de pessoas com deficiências; ajudou os trabalhadores rurais a se organizarem; buscava recursos fora do país para investir nas mais diversas obras sociais... O coração desse homem era tão grande, que se tornava um verdadeiro pastor e pai do município.

>Diante do ritmo de vida que levava, não resistiu muito tempo e acabou morrendo. A cidade parou, foi tamanha a comoção, crianças, jovens e adultos chorando compulsivamente a morte de um homem estrangeiro, distante de suas origens e familiares, mas que, com seu exemplo de bom pastor, pode ser conhecido, conhecer suas ovelhas e apresentar bem Aquele em quem acreditava – Jesus Cristo. -P. Rosivaldo CSsR

 

Outros artigos

Animação

http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/233996o_sorriso.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/950871smpre_no_cora____o.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/382426pelagio.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/343594test1.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/384004test.png