1291 - O DESTERRADO VOLTOU, MAS...
Qua, 20 de Abril de 2016 06:52

Um homem desterrado retornava à pátria após 30 anos de ausência. Os padecimentos o en envelheceran e o tornaram irreconhecível. Logo ao entrar na cidade, topou com alguns companheiros de sua juventude e estendeu-lhes a mão para saudá-los. Mas eles recusaram o cumprimento, pois não o reconheceram. O desterrado foi adiante e viu seu um irmão com quem havia trabalhado, comido e dormido. Chamou-o, mas ele não o reconheceu e o fitou com desconfiança.

Pobre desterrado! Entrementes era insultado pela garotada, e mantido sob os olhos da polícia. Dando mais uns passos, viu sua irmã na sacada da janela. Gritou para ela, com afeição: “Minha irmã!” Mas também ela não o reconheceu, e virou-lhe as costas. Finalmente, desanimado e humilhado, chegou à casa paterna. Uma senhora idosa, vestida de luto estava sentada perto da porta. Era sua mãe. “Ao menos esta reconhecer-me-á” - pensou o infeliz. Aproximou-se dela. A mulher fitou o forasteiro e o reconheceu logo. - Oh! o meu filho! — exclamou enternecida. Mãe e filho se apertaram num longo abraço.

Lição: Assim é a mãe. Assim faz Maria com os pecadores. Quem pecou e teme pela sua salvação, lembre-se desta história. (G. Mortarino - "A Palavra de Deus em exemplos").

 

Outros artigos

Animação

http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/233996o_sorriso.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/950871smpre_no_cora____o.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/382426pelagio.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/343594test1.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/384004test.png