1227 - PEDRO E JUDAS
Qui, 26 de Maio de 2016 05:54
  1. Houve, em tempos remotos, um  diálogo silencioso entre São Pedro e Judas traidor:
  2. - Se você, Judas, em vez de se enforcar, tivesse procurado Jesus para confessar sua covardia, dizendo: “Eu fiz um grande crime. Estou arrependido. Perdoe-me”, Jesus o perdoaria.-
  3. Pausa. Pedro lembrou-se daquela cena no pretório de Pilatos. Sua negação. O olhar de dolorida repreensão que Jesus dirigiu a ele, quando passou de um juiz para outro naquele noite da Quinta Feira Santa... Das lágrimas de arrependimento que não pararam de correr pela faces, a ponto de formar dois sulcos... e continuou:
  4. - Judas, calma! Eu fiz coisa pior. Neguei nosso Mestre por três vezes. Sou muito mais culpado que você.
  5. E Pedro, ainda com os olhos marejados de lágrimas lhe teria dito:
  6. - A diferença é que chorei arrependido. E você teve remorso apenas. Achou que não tinha perdão. Faltou pouco para você. Por que desconfiou da misericórdia de Jesus? – (Fonte:  P. Milleriot, jesuíta).
 

Outros artigos

Animação

http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/233996o_sorriso.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/950871smpre_no_cora____o.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/382426pelagio.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/343594test1.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/384004test.png