1211 – O LOBO E O CORDEIRO
Qui, 02 de Junho de 2016 15:14
  1. Um cordeirinho estava matando a sede nas águas de um regato. Eis que chegou um lobo para beber também e se irritou com o cordeiro dizendo: - Que ousadia a tua, turvar a água que bebo! Hei de castigar-te!
  2. - Senhor, permite-me um aparte - diz o cordeiro. - Para mim seria impossível cometer tal grosseria. Estou matando a sede com a água que já passou onde estás bebendo.
  3. - Mas estás turvando. E, coisa mais horrível, falaste mal de mim no ano passado.
  4. - Mas como poderia ser isso, se eu nem era nascido?
  5. - Então deve ter sido teu irmão.
  6. - Peço perdão mais uma vez. Deve ser engano, pois não tenho irmão.
  7. - Então, algum parente. Teus tios, teus pais...cordeiros, cães, pastores. Por isso, vou vingar-me.
  8. E o arrasta até o fundo  da mata, onde o esquarteja e devora sem mais. - Fonte: Fábulas de La Fontaine

Lição: Assim foi com Jesus. Não importavam argumentos, por mais convincentes  que fossem. Seus inimigos já estavam determinados para matá-lo. Assim fazemos também nós quando queremos uma coisa, por mais comprometedores que sejam nossos argumentos.

 

Outros artigos

Animação

http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/233996o_sorriso.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/950871smpre_no_cora____o.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/382426pelagio.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/343594test1.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/384004test.png