1283 - PREMIADO PELA HONESTIDADE
Seg, 15 de Agosto de 2016 15:33

Pepito perdeu os pais muito cedo e foi morar com os tios. Eram bons mas nunca seriam capazes de substituir papai e mamãe. Às vezes ele chorava em silêncio por sentir-se tão sozinho. Uma coisa, porem, ele aprendera desde pequenino: o amor ao trabalho e à honestidade. Este fato aconteceu no tempo das estradas de chão e dos transportes em burros de carga. Pepito, já com seus doze a catorze anos, ajudava os tios em tudo. Certo dia, enquanto catava gravetos e galhos maiores para acender o fogo da lareira, passa pela estrada um senhor ricamente vestido, cavalgando belo corcel: “Que bom ter ao menos as migalhas que caem da mesa daquele homem”, pensou Pepito. Feita a coleta dos gravetos, amarrou tudo, colocou nos ombros e tomou o rumo da casa. Não andou cem metros quando viu no chão, reluzente e tentadora, uma moeda. Devia valer muito dinheiro. Se ficasse com ela, quanta coisa bonita poderia comprar. Mas a voz da consciência atalhou: Procure o dono. Deve ser daquele homem que passou apressado, cavalgando seu cavalo. Colocando-a no bolso, apressou também o passo para ver se o alcançava. Parou diante de um castelo. Deve ser aqui. Bateu palmas e esperou. Um empregado apareceu na janela: 

  • O que você deseja, menino? Não precisamos de lenha.
  • Não é isso, não. Encontrei uma coisa brilhante ali na estrada. Penso que é do homem que mora aqui.
  • Nesse caso, entre e vamos falar com o patrão
  • Pepito entrou e foi apresentado ao dono do castelo. Um tanto trêmulo, pois nunca se viu cercado de tanta gente que curiosamente o escutava, contou o seu achado. O dono do castelo se admirou e lhe deu os parabéns:
  • Muito bem. Bem mostra que teve bons pais. Onde moram eles?
  • Não os tenho mais. Moro com meus tios e os ajudo nos trabalhos da roça.
  • Gostaria de morar com a gente?
  • Que bom que seria! Mas não posso esquecer meus tios.
  • Sim, poderá visitá-los ou trazê-los aqui para a gente se conhecer.
  • E assim aconteceu. Radiante e feliz, passou a viver no castelo, cercado de atenções.

Lição: Até parece conto de fadas. Mas não é. Que os tempos mudaram, isso é verdade. Aliás, nós é que mudamos. Hoje em dia, quando a riqueza entra por uma porta, a honestidade sai pela outra. Vamos imitar o exemplo do Pepito, para que o mundo seja melhor. 

 

Outros artigos

Animação

http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/233996o_sorriso.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/950871smpre_no_cora____o.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/382426pelagio.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/343594test1.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/384004test.png