- UM PLANTA, OUTRO COLHE
Sex, 03 de Fevereiro de 2017 21:26

Plantei uma roseira no meu quintal, perto do muro do vizinho. Cultivei-a com amor. Não faltou água. Não faltou adubo. Não faltou carinho. Cresceu, desenvolveu-se, mas não deu rosas. Um tanto frustrado, resolvi cortar a roseira estéril. Ruminava esses pensamentos quando tive de sair. Ao passar diante do vizinho, lá estava a dona da casa como todas as tardes, em sua cadeira de rodas. Cumprimentou-me e disse toda satisfeita:- Nasceu uma roseira no meu quintal e começou a florir. Quer ver que rosas bonitas ela deu?Fui ver. Era a tal roseira que eu julgava estéril. Um ramo resolveu passar para o outro lado do muro. Lá cresceu e floresceu.

·Â Â  Palavra de Deus: Nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas sim Deus, que dá o crescimento (1Cor 3,7).

 

Outros artigos

Animação

http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/233996o_sorriso.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/950871smpre_no_cora____o.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/382426pelagio.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/343594test1.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/384004test.png