75. O DESEJO DA VIÚVA
Ter, 14 de Fevereiro de 2017 13:01

O marido de dona Joana morreu num sábado de manhã. Foi colocado no caixão e o velório começou. Velas ardendo, rezas, visitas, pêsames, vai-e-vem de pessoas. Veio também o padre vigário. Apresentou os pêsames e aproveitou para combinar a missa de corpo presente. Seria no dia seguinte, embora fosse domingo.A viúva, toda chorosa, interveio pedindo que o enterro ficasse para Segunda-feira. O vigário apresentou diversas dificuldades. Inclusive s leis do país. A mulher continuava insistindo. Aí o vigário desconfiou e arriscou uma pergunta:

  1. - Desculpe a minha curiosidade. Por que a senhora faz tanta questão que o enterro seja segunda-feira e não domingo?
  2. - Padre vigário, meu marido era bom, não vou negar. Mas não parava em casa, nem sequer nos domingos. Ao menos depois de morto, eu queria que ele passasse... o domingo... em casa...
  3. O soluço embargou-lhe a voz. Os que estavam na sala não conseguiram reprimir o riso.

> PALAVRA DE DEUS::– Vigiai pois com cuidado vossa conduta. Que não seja uma conduta de tolos, mas de sábios, aproveitando bem o tempo porque os dias são maus.(Ef 5,15).

 

Outros artigos

Animação

http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/233996o_sorriso.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/950871smpre_no_cora____o.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/382426pelagio.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/343594test1.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/384004test.png