87. O PROFETA DA POBREZA
Qua, 01 de Março de 2017 16:51

 altJá no século IV São Basílio Magno, bispo de Cesárea, teve palavras veementes contra os maus ricos:- O avarento é como o homem que entra na sala de teatro, ocupa o primeiro lugar e impede os outros de assistir ao espetáculo, pois acha que só ele tem direito. // - Se cada um reservasse apenas o que precisa para suas necessidades, a riqueza e a pobreza acabariam...- Tu, que vais ocultando todos os bens nas dobras de uma avareza insaciável, pensas não estar prejudicando ninguém? 

Quem é o avarento? A pessoa que não se contenta com o necessário. Quem é o ladrão? A pessoa que tira de alguém aquilo que lhe pertence.

Pertence ao faminto o pão que guardas. Ao homem nu, o manto que sobra no teu guarda-roupa. Ao descalço, o sapato que apodrece debaixo da tua cama. Ao pobre, o dinheiro que escondes.

> PALAVRA DE DEUS::– E vós, ricos, chorai e gemei por causa das desgraças que virão sobre vós (Tg 5,1).

 

Outros artigos