112 - O PEDIDO DA CRIANÇA
Seg, 27 de Março de 2017 02:35

Paulo Setúbal (+1937), famoso escritor, estava para publicar um livro que não condizia muito com sua nova linha de cristão convertido. Sua esposa o datilografou, mas não gostou. Levou-o para um padre amigo dar seu parecer, que lhe disse a mesma coisa: Não publicasse.Mesmo contra o conselho de pessoas de tanto peso resolveu mandar os originais para a Gráfica. Mas uma criança mudou tudo.Certa manhã, ao voltar da missa, foi direto ao quarto da filhinha que se convalescia de grave moléstia. Após beijá-la com carinho, ela lhe fez um pedido que o desconcertou:

- Eu queria que papai rasgasse o livro que papai está escrevendo

.A menina, de apenas dez anos, não podia ter lido o livro. Nem ouvira sua mãe comentar nada. Entretanto, repetia com insistência o mesmo pedido. Quem lhe teria inspirado tal coisa?Paulo não agüentou mais. Foi pegar a papelada e voltou para o quarto da filha. E ali, numa sofreguidão incontida, os dois picaram em mil pedaços as trezentas paginas do livro. Depois, num canto do quintal, a fogueira devorava o resultado suado de um ano.

> Palavra de Deus: Fizeste sair da boca das crianças... um perfeito louvor contra os teus adversários... (Sl 8,2-3).

 

Outros artigos