117 - PRIMEIRO ACENDA O CACHIMBO
Sex, 31 de Março de 2017 14:03

Numa tarde de verão, depois dos cantos e danças, os índios se assentaram ao redor do chefe da tribo. Ele começou a falar assim, fixando o olhar num dos guerreiros:- Se alguém brigou com teu irmão, e queres vingar-te matando o assassino, faze assim primeiro. Assenta-te, enche o cachimbo e fuma. Compreenderás logo que a morte é uma punição demasiadamente desproporcionada com a culpa. Resolverás, pois, dar-lhe uma surra.Antes, porém, enche novamente o teu cachimbo e fuma até esvaziá-lo. Convencer-te-ás que, em vez de uma surra, bastaria uma boa repreensão.Faze uma breve oração. Se entretanto encheres o cachimbo pela terceira vez, e ficares refletindo até a última baforada, ficarás persuadido que é melhor ir ao encontro do inimigo e abraçá-lo. (Do folclore africano)

  1.  Palavra de Deus: Não adianta agir sem refletir. Quem apressa o passo, acaba tropeçando...(Pr 19,2).
  2. ORAÇÃO: Senhor, ensina-nos a entender - Quanto é bom ser bom...- Quanto é bom saber calar-se em tempo...- Quanto é bom estender a mão para o desvalido...emprestar os olhos para quem não enxerga...falar por quem não consegue falar...- trabalhar por dez e desaparecer...morrer como a semente para que outros dêem fruto. Amém.
 

Outros artigos