126 - TINHA MEDO DE ENGANAR
Sex, 07 de Abril de 2017 09:19

Nos seus últimos trinta anos de vida, Santo Afonso passou por um calvário de doenças e achaques. Um deles foi a paralisia quase total. Para não ficar todo ferrujado, o medico prescreveu-lhe um passeio matinal. Após acomodar-se com dificuldade em seu coche, percorria as ruas da cidade conduzido pelo seu fiel cocheiro. O coche  tão velho e os cavalos tão estropiados, que o povo gracejava ao vê-lo passar: - Chi! Carro velho, cavalos velhos, cocheiro velho, bispo velho. Tudo velho. Os acidentes freqüentes faziam do passeio um suplicio. Ora uma roda se quebrava, ora um cavalo caía, ora o cocheiro desajeitado dava contra uma arvore desalojando os ossos do santo bispo. Aconselharam-no a vender tudo e comprar animais novos. Após muita insistência concordou em vender, mas não em comprar outra parelha. E dizia: - Se quiserem vender os cavalos, previnam antes o comprador sobre os defeitos deles. Um é manco, o outro é cego de um olho e os dois são velhos.Não quero enganar ninguém.

> Palavra de Deus: Cuidado entre vocês! Porque cada irmão engana, cada amigo espalha calúnias (Jr 9,3-5).

ORAÇÃO: Senhor! Nós não queremos ser enganados, mas vivemos enganando os outros...

- 

 

Outros artigos