hIST. DO DIA: O CULPADO ERA ELE MESMO
Seg, 10 de Abril de 2017 14:44

Apesar de ter passado vários anos num mosteiro, aquele monge não conseguia dominar seu gênio colérico. O pior é que culpava seus irmãos do mosteiro pelas explosões de nervosismo. Se um confrade, ao colher espigas no campo, deixava uma para trás, ele já se irritava. Se, na igreja, alguém desafinava ao cantar, dava-lhe uma cotovelada. Se um outro, por inadvertência, pisasse no seu pé, “subia a serra” na hora.Um dia foi desabafar-se com o Abade: - Estou sendo vítima dos meus irmãos de hábito. Eles me irritam demais. Prefiro morar sozinho.//- Pois bem. Faça uma experiência morando no deserto.

O monge foi, construiu lá sua cabana e sentiu-se feliz. Ao menos na primeira noite. No dia seguinte, ao buscar água na fonte, o balde virou. “Paciência” disse consigo. Pegou nova água e foi caminhando para a cabana. Ao entrar, tropeçou e o balde virou de novo. “Maldição” exclamou impaciente. Voltou à fonte e encheu o balde pela terceira vez. Ao voltar escorreu na lama e caiu com balde e tudo. Levantou-se despejando uma enxurrada de palavrões.Passou o dia matutando sobre o caso: Agora eu sei onde está o problema. Não está nos meus confrades do mosteiro, mas em mim mesmo. Eu é que devo mudar de gênio.Voltou ao mosteiro e começou tudo de novo.

> PALAVRA DE DEUS::Se o pecador fizer penitência de todos os pecados que cometeu... certamente viverá e não morrerá (Ez 18,21).

ORAÇÃO: Senhor! Em vez de mudar de ambiente, devo mudar de gênio e de jeito...- Em vez de mudar de religião, preciso mudar de vida e de conduta...- Em vez de trocar de marido ou esposa, é preciso mudar de comportamento.Ajuda-me com tua graça.

 

Outros artigos