149 – REMÉDIO COTRA COICE DE BURRO
Qui, 04 de Maio de 2017 16:32

Um vendedor ambulante percorria a zona rural oferecendo remédio contra coice de burro.Instalou-se numa pracinha, junto à capela e começou a gritar com aquela verborréia própria dos charlatães: - Alô, pessoal. Ouvi dizer que aqui há muito burro xucro. É só a gente passar perto e já vem o coice. Mas tenho um remédio infalível. Quem quer experimentar?

Os curiosos se ajuntavam. Então ele mostrava um pacotinho bem fechado dizendo:- O remédio está dentro deste embrulho. Cura quem levou coice e previne contra coices futuros. O pacotinho custa apenas... E dava o preço de um, de dois, de três pacotes, sempre com o desconto de praxe. E acrescentava:- Mas, cuidado! Só pode ser aberto quando você chegar à sua casa. Caso contrario, perde o efeito. Muitos compraram o tal remédio. Chegando às suas casas, abriram curiosamente o embrulho e encontraram dentro apenas três metros de barbante e o conselho escrito assim: “Para evitar coice de burro, basta ficar longe do animal numa distância correspondente ao comprimento deste barbante”.Ludibriados e desapontados, foram atrás do vendedor para lhe aplicar uma boa surra. Mas o espertalhão já havia sumido da praça.

> Palavra de Deus: Tende cuidado para que ninguém vos engane...(Mc 13,5).

ORAÇÃO: Livra-nos, Senhor, dos falsos profetas que vêm com pele de ovelha para enganar os teus filhos. A quem iremos se te abandonarmos em troca de religiões inventadas pelos homens, em troca de ideologias falsas?  “Tu somente, tens palavras de vida eterna”.

 

Outros artigos