163 - ESSE NEM O DEMÔNIO QUER
Sex, 19 de Maio de 2017 15:33
  1. Certa tarde o diabo saiu com um saco às costas a fim de recolher tudo o que Deus não queria para o céu. Tropeçou num drogado estendido na sarjeta da rua e jogou-o para dentro do saco: “Esse é meu. Venha para dentro do saco”.
  2. Mais na frente, num recanto bem escuro da rua, divisou um casalzinho de namorados. Agarrou logo os dois e atirou-os dentro do saco, resmungando: “Com certeza não têm pai nem mãe”.
  3. Encontrou ainda ladrões, exploradores, maus católicos, demagogos, assassinos e recolheu todos, entre gargalhadas e chacota
  4. Ia voltando contente com a “coleta” quando viu um sujeito na varanda, balançando-se na cadeira de balanço, na maior preguiça e moleza:
  5. - Boa tarde! Quem é você?
  6. - Sei lá. Não quero nada com nada. Não sou amigo e nem inimigo de ninguém. Não faço e nem desfaço. Onde eu paro, aí fico. Prefiro ficar em cima do muro. Não quero me comprometer com nada e com ninguém.
  7. - Estou entendendo. Você é um católico indiferente. Fique por aí. Não serve nem para mim.
  8.  
  9. Oração da Bíblia: : Veio para o que era seu, mas os seus não o conheceram. (Jo 1,10-11)
  10. ORAÇÃO: Livra-nos, Senhor: - do comodismo, da preguiça e da indiferença religiosa...
  11. - da falta de organização em nossas comunidades...- das críticas desairosas e destrutivas na comunidade...- do demônio da desunião e da divisão...
 

Outros artigos