175 - DEPOIS DE TANTA MENTIRA...
Qui, 01 de Junho de 2017 02:20

O circo estava funcionando há vários dias numa cidadezinha pacata do interior. O povo acorria todas as noites, apesar da carestia. Ao menos esqueciam por alguns minutos o arrocho da situação. O palhaço, de roupa colorida, rosto pintado e nariz postiço, arrancava sonoras gargalhadas do público com suas mentiras e anedotas. Numa dessas noites, no auge das fanfarronadas e risadas, alguém chegou perto do palhaço e cochichou: - Avise o povo, mas com jeito, para sair depressa. O circo está ameaçando pegar fogo. O palhaço mudou a voz e falou sério: - Vamos sair depressa. Atrás do circo está havendo fogo. Mas o povo continuava rindo e gargalhando. O palhaço repetiu com mais veemência: - Depressa! Vamos embora! E saiu correndo. Quando o povo percebeu que, desta vez o palhaço estava falando a verdade, já era tarde. O fogo e o pânico transformaram tudo num espetáculo sangrento.

Oração da Bíblia: Ou será que meus projetos nascem de intenções humanas, de sorte que haja em mim o sim, sim, e o não, não? Deus é testemunha de que nossa linguagem com vocês não é ora “sim”, ora “não”. (2 cor 1,17-20)

ORAÇÃO: Senhor, pareces estar dizendo para nós em tua bondade: - Quando você quiser chorar, me chame para chorarmos juntos...Quando quiser sorrir, me chame para sorrirmos juntos...- E quando achar que tudo se acabou, me chame para juntos tentar reconstruir tudo. 

 

Outros artigos