177 - SERÁ QUE FOI SUICÍDIO?
Sex, 02 de Junho de 2017 18:35

Morreu dona Filomena, mais conhecida como tia Mena. Era faxineira e caseira da confiança de todos, mulher de recados, zeladora da capela, babá de criança na ausência das mães, empregada de todos os moradores da vila, e tudo o mais. Na missa de corpo presente, o padre vigário disse, num tom serio e pesado: - Irmãos, como todos sabem tia Mena suicidou-se. Seu corpo foi encontrado no açude. Por que estamos aqui? Só para rezar por ela? Não. Para fazer uma reparação. Para pedir perdão a Deus e a tia Mena. / O padre continuou: - Ela não se suicidou. Fomos nós que matamos tia Mena. Sim, nós todos ajudamos a matá-la. Vejam o bilhete que ela deixou: “Eu me sentia sozinha, explorada, abandonada por todos. Não agüentei mais. Perdão, meu Deus”. - Ela morou sempre sozinha. Íamos lá só para pedir um serviço ou favor. Nunca para perguntar pela sua saúde, pelas suas dificuldades. Nunca para lhe dar um agrado, um presente. Afinal, pensávamos, era uma negra velha. Que problemas teria? Era o nosso burro de carga, e pronto.  Foi esta falta de afeto e calor humano que levou tia Mena ao desespero./- Só nos resta pedir perdão. Que a tragédia não se repita em nossa comunidade. Vamos aprender a ter coração. Amém!

Oração da Bíblia: Eis que estou pronto a ir ter com vocês pela terceira vez e não lhes serei incômodo; pois o que estou buscando, não são seus bens, mas vocês mesmos. (2 cor 12,14-15)

ORAÇÃO: Senhor! Pedimos-te pelas pessoas que anônima e desinteressadamente servem a tua Igreja. Se aqui na terra não receberem a recompensa e o reconhecimento que merecem, escreve ao menos seus nomes no Livro da Vida. Amém.

 

Outros artigos