233 - UNIDOS SE SALVARAM
Sáb, 29 de Julho de 2017 16:25

Os bretões contam de pai para filho uma lenda cheia de lirismo e ensinamento. Um casal vivia feliz na aldeia, junto com o primeiro filho.Súbito chuvas torrenciais começaram a cair sobre a região. As casas da aldeia, cercada de montanhas, foram inundadas pela enchente.Também a moradia do jovem casal. O jeito foi subir no telhado. Mas a água também subiu, atingindo o telhado. O marido disse para a esposa:- Mulher, suba nos meus ombros com a criança.

O nível da água subia sempre, cobrindo o homem e atingindo a mulher. A mãe pegou a criancinha que estava no seu colo e levantou-a até os ombros dizendo: “Segure firme”.E a enchente se avolumando. Também a criança foi coberta pelas águas. Não se via mais nada e mais ninguém, a não ser os fiozinhos de cabelo do menino. Nesse momento dramático passou Nossa Senhora com seus anjos, à procura de alguém para socorrer. Nenhum sinal de vida, a não ser os cabelinhos da criança.Voou para lá e tentou puxar pelos cabelos. Estava mais pesado do que pensava. Mas foi puxando, auxiliada pelos seus anjos. Primeiro saiu o menino. Continuou puxando. Agarrada aos pezinhos do menino surgiu a mãe. E agarrado aos pés da mãe, apareceu também o pai. Estendendo seu grande manto, agasalhou a todos.Todos se salvaram porque estavam unidos entre si.- “A família que reza e luta unida, permanece unida”

> Oração:Abençoa, Senhor, as famílias. Amém!

 

 

Outros artigos