295 - A MULHER E O PÉ DE CEBOLA
Seg, 28 de Agosto de 2017 21:45

Era uma vez uma mulher que jamais praticou uma boa obra. Por isso, após a morte foi sepultada no lago infernal. Seu anjo da guarda, muito triste, perguntou ao Pai Eterno se haveria alguma chance para ela.- Sim, respondeu o Senhor. Se você apresentar uma boa obra que ela tiver feito...O anjo pensou, repensou e disse exultante: - Agora me lembrei. Certa ocasião ela deu a  um pobre algumas folhas de cebolinha da sua horta./ - Já é alguma coisa. Pegue esse pé-de-cebola e dê uma ponta para ela segurar. Depois puxe pela outra ponta, até chegar aqui no céu. Se o talinho não se quebrar, ela está salva./ O anjo fez tal e qual. A mulher agarrou sofregamente a ponta do talo, enquanto o anjo ia puxando para cima. Quando as companheiras de infortúnio perceberam, tentaram pegar uma carona agarrando-se no talo ou nas pernas da mulher. Ela, porém, começou a morder as intrusas e a dar-lhes ponta-pés gritando: - Larguem! É só meu! Larguem já! Foi quando o talo arrebentou-se e ela voltou para o lago infernal. E para sempre.

Lição: O egoista é como broto de samanbaia. Está sempre fechada.

> Oração:Senhor, eu nasci para ser ponte e não muro. Quero ser ponte para:

- unir as pessoas entre si... - unir os brigados...- unir os corações divorciados...

 

Outros artigos