302 - FALTOU ENXADA E ADUBO
Ter, 05 de Setembro de 2017 15:09

Uma senhora havia plantado uma horta à beira da lagoa. Limpou a terra, semeou as hortaliças, regou e esperou os primeiros resultados. Estava esperançosa. Mas, fosse por doença ou idade, fosse por descuido ou inexperiência, o certo é que o mato cresceu junto com as plantinhas.

Naqueles dias o famoso cardeal Dom Carlos Borromeu (1538-1584), estava visitando a redondeza. Tinha fama de santo. Aproveitando sua visita à comunidade, a piedosa hortelã pediu que fosse benzer sua horta. O bondoso amigo do povo atendeu o pedido e foi. Apenas correu os olhos pela horta, percebeu todo o problema. Aquele mato não era falta de bênção, mas sim de coragem. Faltava água e adubo. Faltava principalmente uma enxada para limpar as hortaliças. Por isso o espirituoso bispo mudou a fórmula da bênção. Enquanto jogava água benta sobre as plantinhas mirradas, dizia em voz alta para ser ouvido: — Falta de enxada e falta de adubo!.. Abençoai, Senhor!... Falta de enxada e falta de adubo! Abençoai, Senhor Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo!.. Mais enxada e mais adubo!... Amém! - A piedosa velhinha entendeu a indireta. 

 

Outros artigos