- O PÃO NOSSO COM MANTEIGA
Qui, 02 de Novembro de 2017 14:23

Joaninha costumava passar na igreja antes de chegar à escola. Saía de casa, quase sempre em jejum, pois a família era muito pobre. Ajoelhava-se diante do altar, colocava os livros no chão, pois não tinha nem mochila escolar, fazia uma oração e continuava o caminho.Numa dessas visitas, açulada pela fome, pensando que estava sozinha na igreja,rezou alto, com voz suplicante: - Pai nosso que estais no céu, santificado seja o vosso nome...Quando chegou no "o pão nosso de cada dia nos dai hoje", lembrou-se do pão com manteiga que uma colega repartira com ela no dia anterior. E acrescentou "com manteiga nos dai hoje...". Terminada a oração, fez o sinal da cruz, pegou os livros e saiu.Naquela manhã prestou pouca atenção na aula. Com o estômago vazio, não era fácil estudar. Acrescente-se que não havia merenda escolar. Ao voltar para casa, teve uma surpresa. A mãe foi ao seu encontro, dizendo alegremente: - Veja, minha filha, o que recebemos hoje.E mostrou uma grande cesta com mantimentos: arroz, feijão, açúcar, sal, óleo, frutas, pão e... uma lata de manteiga.- Quem trouxe, mamãe? - Foi uma mulher. Chegou de carro, descarregou os presentes, mas não quis dizer seu nome...A menina nunca ficou sabendo que aquela benfeitora desconhecida estivera também na igreja naquele dia, e ouvira sua oração angustiada.

> Para refletir: A oração tudo alcança. Quando feita por uma criança, tem mais força ainda. Ensinemos as crianças a rezar.

> Oração: Alma santíssima de Maria, iluminai-me! — Olhos puríssimos de Maria,velai por mim! — Lábios ulcíssimos de Maria,orai por mim! — Mãos poderosas de Maria,segurai-me! — Coração amoroso de Maria,abrasai-me de amor!— Paixão dolorosa de Maria, confortai-me!— Mãe de Deus,ouvi-me!— Pés imaculados de Maria,ide na minha frente!— De todos os males,livrai-me!— Do inimigo maligno, defendei-me! Na hora da morte,chamai-me!Para que eu chegue até vós e vosso Filho para vos bendizer eternamente.

 

Outros artigos