354 - O PALHAÇO E O INCÊNDIO
Sáb, 04 de Novembro de 2017 03:09

Este fato aconteceu anos atrás, numa pequena cidade dinamarquesa. O circo já estava armado e pronto para o primeiro espetáculo, quando começou a pegar fogo ali por perto. O dono, apavorado e sem outros recursos contra incêndio, mandou seus artistas pedir ajuda para apagar o incêndio. Eles se espalharam pelo vilarejo. O palhaço, já conhecido pelos habitantes, subiu num banco do jardim e esbravejava:— Gente, o circo está pegando fogo. Vamos ajudar a apagar o incêndio. Mas todos levavam a trágica notícia na brincadeira. Antes, riam e aplaudiam esse novo truque de levar gente para o circo. O palhaço chorava e suplicava, num grande desespero:— A coisa é séria. Toda a cidade está correndo perigo. Vamos depressa! / Quanto mais ele implorava, mais o público morria de rir. O fogo alastrou-se pelos campos e atingiu a cidade. Quando constataram que desta vez o palhaço falou sério, já era tarde.

> Para refletir: — Quem leva tudo na brincadeira nunca será levado a sério.

 

Outros artigos