364 - A GRATIDÃO DO SOLDADO
Sex, 17 de Novembro de 2017 17:12

Milhares de feridos passaram pelas mãos do Dr. Curt, durante a última guerra mundial. De um deles, ele jamais se esqueceu. Ele mesmo conta em suas memórias: Um soldado com o rosto completamente desfigurado pelas bombas foi trazido para o hospital. Talvez nem a própria mãe o reconhecesse, tal era o estado lastimável do seu rosto. O cirurgião tudo fez para restaurar aquele rosto irreconhecível. Pouco a pouco, com paciência e habilidade, foi surgindo nas mãos do médico a figura reconstituída, como a obra de arte que brota das mãos do escultor. Chegou finalmente a última fase da cirurgia: A costura do outro canto da boca. Passada a anestesia, o médico quis fazer um teste e pediu que os enfermeiros erguessem o rapaz da cama. Pediu: — Rapaz, fale alguma coisa./ O rapaz moveu lentamente os lábios, como que ensaiando. Com leve sorriso aflorando na boca, articulou estas palavras:— Muito obrigado, doutor.

Lição: É triste constatar como quantos pacientes arrancados da morte, deixam nossos hospitais sem dizer uma palavra de agradecimento.  — Quando alguém lhe presta um serviço, mesmo por obrigação, você agradece?

 

Outros artigos