371 - DEPOIS SOBROU LUGAR
Ter, 28 de Novembro de 2017 02:11
  1.  Algumas crianças estão refesteladas no banco do ônibus, enquanto um casal de velhos agüenta firme em pé. O visual dos dois denota cansaço e preocupação. Os passageiros olham apáticos para eles, como se fossem gente de outro mundo.Uma senhora, também de certa idade, comenta com a vizinha:— Está vendo aquela cena? Gente nova e cheia de vida esborrachada no banco, enquanto aqueles velhinhos mal podem manter-se em pé.— Concordo com você. O povo de hoje não sabe mais o que é civilidade. Por outro lado, continuou a vizinha abaixando a voz, gente dessa idade não deveria mais viajar...Quase sem ouvir as últimas palavras da vizinha, aquela senhora levantou-se decidida e fez sinal aos velhos para que viessem ocupar seu lugar. O homem mandou a esposa assentar-se e ficou de pé, ao seu lado.Mas os passageiros já haviam entendido a lição. Crianças, jovens e adultos, uma porção se levantou para ceder o seu lugar. Agora havia lugar sobrando.
  2. Estabeleceu-se então um clima de fraternidade no ônibus.No meio da conversa descontraída, ficaram sabendo o motivo da viagem dos dois: iam visitar o filho em estado grave, quase às portas da morte. Não era, portanto, uma viagem de recreio.
  3.  
  4. > Para refletir:— Como está nosso espírito de solidariedade?
  5. — E a educação das nossas crianças com respeito aos idosos?
 

Outros artigos