311 - UM BEBÊ NA LATA DE LIXO
Qui, 28 de Dezembro de 2017 16:12

Tempos atrás, justamente por ocasião do Natal, foi encontrada na lata de lixo uma criancinha recém-nascida, Uma menina voltava da escola. Estava ainda em jejum, pois sua mãe não tivera nada para dar aos filhos de manhã. Passando ao lado de uma lata de lixo, assustou-se e parou para escutar melhor. Alguma coisa se mexia dentro da lata. Pensou que se tratava de algum bicho remexendo o lixo, e fez menção de se afastar.Mas, ouvindo um chorinho, tornou a se aproximar. Dentro de um embrulho havia uma criança recém-nascida. Pegou o embrulho com cuidado e levou-o para a mãe. A mulher não se conteve de espanto. Tirou depressa a criança daquele embrulho, pois faltava pouco para morrer sufocada. Não teria agüentado mais tempo o calor da lata, se a menina não a tivesse socorrido.

De quem seria ? Ninguém ficou sabendo. Nem importava naquele momento. Embora carregada de filhos, acolheu mais essa criança e procurou dar-lhe os primeiros socorros. Algumas vizinhas quiseram adotá-la. Ela respondeu:—Agradeço a boa vontade de vocês. Mas foi para mim que Deus a mandou. É o meu presente de Natal. Serei sua mãe da melhor maneira que puder. Ao armar o presépio, como é costume nesse tempo,  manjedoura foi um carrinho velho de mão, que forraram com folhas de palmeira. A criancinha encontrada no lixo foi o  Menino Jesus daquele ano.

> Palavra de Deus:É sempre no meio dos pobres que Deus encontra o melhor acolhimento.

Oração: Senhor, quanto lhe devo!   Adoeci,  mas não me abandonaste.   Adoeci, mas ficaste ao meu lado...  Adoeci, mas ouviste meus lamentos com paciência...  Adoeci, mas me cercaste de pessoas caridosas...  Adoeci, mas finalmente me curaste... Obrigado, Senhor!

 

Outros artigos