482 - EU QUERO MINHA MÃE ASSIM MESMO
Sáb, 03 de Fevereiro de 2018 19:07

Uma senhora ia saindo às pressas da loja, quando esbarrou num velhinho, quase provocando uma queda. Voltou imediatamente atrás e pediu desculpas. A vítima até estranhou, pois não estava acostumada com tanta delicadeza. Entrando em casa, dirigiu-se logo para a cozinha. Estava um tanto atrasada com o almoço. Ao se afastar do fogão para pegar uma vasilha na prateleira, esbarrou no filho pequeno e gritou nervosa:— Sai da frente, trambolho. Não vê que estou com pressa?- O dia foi passando, mas aquela cena ficou entalada na garganta: Quanta grosseria com meu filho. Onde está ele? Ah! foi dormir. Vou conversar com ele. Felizmente ainda estava acordado:— Meu filho, desculpe a minha grosseria.-— Não tem nada, mamãe. Eu até estava com uma flor para entregar à senhora. Creio que a senhora nem reparou.-— Percebi, sim. Mas já era tarde. Não quis dar o braço a torcer. Novamente peço desculpas.-— Não faça conta, mamãe. Quero bem a senhora assim mesmo.-Abraçaram-se, beijaram-se e ele pegou logo no sono.

Nem todas as crianças têm tanta nobreza de alma para perdoar e esquecer.Mas Deus tem. E muito.

 

Ouvindo a Palavra::: Deus demonstra o seu amor para conosco pelo fato de Cristo ter morrido por nós, quando éramos ainda pecadores (Rm 5,8).

 

 

Outros artigos