481 – DEU O CAPOTE PARA JESUS
Seg, 05 de Fevereiro de 2018 02:14

Em muitas regiões européias era, e ainda é costume, entronizar-se um grande crucifixo nas encruzilhadas dos caminhos ou nas esquinas das ruas. Quase sempre estão protegidos por uma coberta de telhas. Essa cobertura, porém, não impede que a neve caia e os respingue.Pedrinho, menino bom e piedoso, vai caminhando para a escola do povoado, agasalhado num grosso capote. Ao passar diante de um desses crucificados, ajoelhou-se para recitar uma curta oração. Enquanto orava, ficou reparando nos flocos de neve que cobriam a imagem do Cristo e teve dó:— Jesus, estou bem agasalhado, enquanto o senhor está sem roupa e com muito frio. Vou emprestar-lhe o meu capote.Mais do que depressa, despojou-se dele e cobriu o crucifixo. Depois seguiu cantarolando para a escola, embora tiritando de frio.

Ouvindo a Palavra: Quando o rei Davi residia em seu palácio..., disse ao profeta Natã: “Veja só! Eu moro num palácio de cedro, mas a arca de Deus está numa barraca de lona” (2Sm 7,1-2).

Oração: Quero dar deste meu pão àquele que tem fome, para te alimentar, Senhor. Quero dar um copo d’água àquele que tem sede, para te saciar, Senhor. Quero dar alguma veste àquele esfarrapado, para te vestir, Senhor. Quero dar o meu abrigo àquele peregrino, para te abrigar, Senhor. Vou fazer uma visita àquele prisioneiro, para te visitar, Senhor.

 

Outros artigos