517. O PAPA QUE FALOU MENOS
Seg, 05 de Março de 2018 14:25

 Entre todos os Papas, Clemente XIV (1705-1774) foi quem falou menos e quem mais praticou a austeridade. Foi tão pobre que "escandalizou" os romanos. Antes de ser eleito Papa, chamava-se Lourenço Ganganelli.Freqüentes vezes foi tido por um simples Irmão Converso. Certa vez, enquanto caminhavam com um homem, este fez a seguinte observação:— Quanta sabedoria! É pena que uma pessoa com a tua inteligência e memória prodigiosa, não tenha estudado, devendo ser a vida inteira um simples irmão leigo. Se tivesses estudado, sabe Deus o que poderias ser mais tarde. O rei Lourenço sorriu, mas não se revelou.Depois de eleito Papa, o bom Frei Lourenço não mudou em nada seus hábitos de vida austera e modesta. Preferiu continuar como simples frade, mesmo no meio da esplêndida corte pontifícia.Sua comida era preparada por um Irmão da sua Ordem Religiosa. Quando alguém lhe dizia que convinha ter um padrão de vida à altura de um Papa, ele respondia:— O que vocês querem? São Pedro e São Francisco não me ensinaram a comer com luxo e cerimônia.Uma princesa perguntou se ele combinava bem com seus secretários: se não eram indiscretos etc. Ele respondeu, mostrando os dedos da mão:— Não tenho queixas. E são dez ao todo.Na sua simplicidade, Clemente XIV dispensou até os secretários.

 

 

 

Outros artigos