520. NOVAMENTE NOS BRAÇOS DA MÃE
Qui, 08 de Março de 2018 04:07

Um rapaz de nome Francisco havia abandonado a mãe e andado errante pelo mundo. Alistou-se no exército francês e praticou muitas aventuras. Voltando para Viena, continuou vagando pela cidade, sem coragem de apresentar-se à sua  mãe. Entrou numa igreja e ficou ouvindo a pregação. Animou-se mais e resolveu conversar com o padre que era o famoso São Clemente. Contou-lhe toda a sua história.Com um gesto de quem compreendeu tudo, tomou-o pela mão e o convidou a ficar alguns dias em sua casa, até que se acalmasse. Dias depois confessou-se e recobrou a tranqüilidade. Estando agora em paz com Deus, queria reconciliar-se também com sua mãe. Como fazê-lo, porém?— Deixe por minha conta. Vou dar um jeito – disse São Clemente..Entrementes, procurou saber onde ela morava e convidou-a para tomar café na casa paroquial. Durante a conversa, pediu notícias dos filhos. Ela contou a história de todos, mas nem sequer tocou no nome de Francisco. Clemente viu-se obrigado a perguntar expressamente:— A senhora não tem outros filhos? Não esqueceu nenhum?— Sim, tenho mais um, mas... coitado! Quem sabe se já se enforcou há muito tempo.— Minha senhora, ninguém se enforca assim... por qualquer coisa...Sorrindo satisfeito, P. Clemente abriu a porta de um quarto e... mandou o rapaz entrar na sala. Viu-se diante da mãe. Quanta emoção! Antes de abraçá-la, ajoelhou-se e, chorando, pediu perdão....

 

Outros artigos