O FRADE E OS PASSARINHOS
Qui, 26 de Abril de 2018 16:20

Estando certa vez um frade todo absorto em Deus e enlevado porque tinha a graça da contemplação, vinham ter com ele passarinhos de diversas espécies, pousavam-lhe nas espáduas e na cabeça, nos braços e nas mãos e cantavam maravilhosamente. Era solitário e raras vezes falava; mas quando lhe perguntavam alguma coisa, respondia tão graciosa e tão sabiamente, que mais parecia anjo do que homem e os frades o tinham em grande reverência.Acabando este frade o curso de sua vida virtuosa, enfermou de tal modo que não podia tomar nada nem remédio, mas toda a sua confiança era no médico celestial Jesus Cristo e na sua bendita Mãe. Pelo que, estando uma vez no leito e dispondo-se à morte com toda a devoção, apareceu-lhe a gloriosa Virgem Maria com grande multidão de anjos e se aproximou do seu leito. E ele começou a pedir-lhe humildemente que o tirasse da prisão terrena. E Maria respondeu, chamando-o pelo nome: “Não duvides, filho, porque tua oração foi atendida, e eu vim para confortar-te antes de partires desta vida”.Ele ficou tão consolado e confortado que por muitos dias sobreviveu sem nenhum alimento corporal.E depois de alguns dias, alegremente falando com os frades, jpassou dessa vida terrena para a vida bem-aventurada. 

 

Outros artigos