1072 - O CRAVO NA FERRADURA
Seg, 13 de Agosto de 2018 06:55

O campônio fez as compras na cidade, ajeitou tudo no seu cavalo e tomou o caminho da roça. Já estava entardecendo. Foi quando alguém o preveniu:- Senhor, está faltando um cravo na ferradura da pata do seu animal. Não seria melhor providenciar outro?- Deixa faltar... - respondeu o feirante - Estou com muita pressa.- Durante a caminhada outros o avisaram. Mas ele não deu atenção. Estava com muita pressa.Continuou a cavalgar, mas o cavalo manquejava demais. Tentou continuar. Entretanto, depois de poucos metros o animal passou a tropeçar e recusou-se a prosseguir, mesmo à custa de chicotadas.Era noite e o campônio viu-se obrigado a deixar o pobre animal sob a guarda de algum conhecido, desamarrou o fardo com as compras e foi caminhando com todo aquele peso. A distância que parecia curta tornou-se longa e penosa. Só muito tarde chegou cansado, faminto e preocupado com a possível perda do animal.

Lição: Tudo por causa de um simples cravo que não foi substituído no momento necessário. Pequenas omissões podem resultar numa perda irreparável...

 

Outros artigos