3º. Quadro – E AGORA, SEM A MÃE!
Seg, 21 de Janeiro de 2019 02:41

3º. Quadro – E AGORA, SEM A MÃE!

Fevereiro de 1886. A neve cobria tudo: montanhas e campos, ruas e casas. Dona Maria tinha tido seu 15º filho. Mas enfraquecida pelos afazeres, desprovida de recursos médicos, foi juntar-se no céu aos dois filhinhos já falecidos. Ficaram treze órfãos, entre os quais, o Pelaginho com apenas 8 anos.  Sem a presença da mãe, podemos imaginar as angústias e preocupações do pai viúvo, rodeado por aquele bando de crianças que choravam a ausência da mãe.Ana Elizabete, a filha mais velha das mulheres, assumiu corajosamente o trabalho doméstico e a educação dos irmãos:- Papai, fique tranqüilo. Deus vai nos ajudar.

 

Outros artigos

Animação

http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/233996o_sorriso.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/950871smpre_no_cora____o.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/382426pelagio.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/343594test1.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/384004test.png