16 DE MARÇO – MARTÍRIO DE GABRIEL LALEMANT
Santos - O santo do dia

Gabriel nasceu no seio de uma distinta família e ocultava uma alma generosa e ardente, sob um aspecto frágil. Entrou na Companhia de Jesus em 1630 e pediu para ser enviado às missões da Nova França, antigo nome do Canadá. Pediu permissão de seus superiores para empregar toda sua vida no serviço dos indígenas... Ordenou-se padre. Só alguns anos mais tarde pode realizar o seu sonho. Foi designado para a aldeia de Santo Inácio, Hurânia, junto com o Pe. João Brébeuf.Assim que chegou, aplicou-se a aprender a difícil língua. Um ano depois os iroqueses martirizam por horas a fio o Pe. Brébeuf e depois, ainda mais cruelmente, o Pe. Gabriel Lalemant, começando às 6 horas da tarde, prolongando-se por toda a noite até a manhã seguinte nas mais cruéis torturas.Em meio a terríveis dores, Gabriel levantava seus olhos para os céus pedindo força e perseverança. Quando os carrascos viram-no  rogar aos céus, arrancaram-lhe os olhos e colocaram carvões ardentes nas órbitas vazias.Por volta das 9 horas da manhã, um selvagem cansado de vê-lo sofrer, esmagou-lhe a cabeça com um golpe de machado, abriu-lhe o peito, tirou-lhe o coração e bebeu o seu sangue: uma forma bárbara de “apropriar-se” da coragem da vítima. Pe. Gabriel foi um dos oito jesuítas a ser morto pelos iroqueses. Seu cruel martírio aconteceu em Quebec em 1649. - Fonte: Associação Servos de Deus.

 

Outros artigos

Animação

http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/233996o_sorriso.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/950871smpre_no_cora____o.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/382426pelagio.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/343594test1.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/384004test.png