O ROSÁRIO DA VIRGEM MARIA
Sáb, 22 de Outubro de 2011 20:07
altO Rosário é ao mesmo tempo meditação e súplica. A imploração insistente da Mãe de Deus apóia-se na confiança de que a sua materna intercessão tudo pode no coração do Filho.
 
O grande poeta Dante, na linha de S. Bernardo, interpreta-a de forma admirável, quando canta: “Donna, se' tanto grande e tanto vali, / che qual vuol grazia e a te não ricorre, / sua disianza vuol volar sanz'ali”. "Senhora, tu és tão magnífica e possuis um valor tão elevado, que, aquele que implora uma graça e não vem a ti, pretende voar, sem asas possuir."
 
No Rosário, Maria, Santuário do Espírito Santo (cf. Lc 1, 35), ao ser suplicada por nós, apresenta-se em nosso favor diante do Pai, que a cumulou de graça, e do Filho, nascido das suas entranhas, pedindo conosco e por nós. – (João Paulo II - Carta Apostólica Rosarium Virginis Mariae) - (Site:  Um minuto com  Maria)
 

Outros artigos

Animação

http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/233996o_sorriso.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/950871smpre_no_cora____o.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/382426pelagio.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/343594test1.png http://boletimpadrepelagio.org/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/384004test.png